“Intervenções artísticas e literatura” esse foi o tema da reportagem da 16ª edição do programa Pra Ler, da Rádio UFMG Educativa. Se você ainda não ouviu, acesse aqui.

Leia abaixo o texto escrito por Júlia Marques e publicado no blog do Pra Ler:

Veja Através – intervenções do Poro

Jardim, 2003. 1. Fazer flores de papel celofane vermelho. 2. Plantá-las em canteiro abandonado da cidade. 3. Registrar com fotografias

Por que não ocupar o espaço com interferências questionadoras?

Por que não construir cidades onde a vida tenha mais qualidade e seja mais instigante e criativa?

Essas são perguntas que orientam o trabalho de Marcelo Terça-Nada! e Brígida Campbell. Desde 2002, eles realizam intervenções artísticas no espaço urbano. Seus projetos reivindicam a cidade como lugar de convívio e campo de articulação de proposições artísticas. E a literatura aparece de forma especial: é com a linguagem poética que as intervenções da dupla Poro chamam a atenção para questões que merecem debate. Seus trabalhos estabelecem discussões sobre os problemas da cidades e trazem à tona aspectos que se tornam invisíveis pela vida acelerada na metrópole.

Marcelo e Brígida lançaram este ano o livro “Intervalo, respiro, pequenos deslocamentos”. A obra apresenta o conjunto da produção artística da dupla, de 2002 a 2010. Além de imagens dos trabalhos, o livro traz textos escritos por autores de diferentes áreas como arquitetura, comunicação, história e ativismo.

Texto originalmente publicado em:
http://praler.wordpress.com/2011/11/02/veja-atraves/